Em Vitória, Marina propõe ação integrada entre governo federal e Estados contra violência

vitoria

Candidata à Presidência da República pela Coligação Unidos pelo Brasil, Marina Silva defendeu uma ação integrada entre os governos federal e os estaduais para reduzir os alarmantes índices de violência do país. Acompanhada por seu candidato a vice, Beto Albuquerque, ela cumpriu agenda na capital do Espírito Santo na tarde da quinta-feira (19).

Sua passagem pela cidade foi prestigiada pelos candidatos a governador e vice-governador do Espírito Santo, respectivamente Renato Casagrande (PSB) – que concorre à reeleição – e Fabrício Gandini (PPS); além de Neucimar Fraga (PV), que disputa vaga ao Senado pelo Estado.

Em conversa com jornalistas, Casagrande disse que a situação da segurança pública no Espírito Santo é grave e que sem a ajuda do Governo Federal não é possível resolver essa questão. Marina afirmou que tem o compromisso de promover uma ação integrada, em todo o Brasil, para reduzir a violência e fortalecer o combate à criminalidade.

A candidata também comentou o déficit de infraestrutura registrado no Espírito Santo: “Sabemos o quanto ferrovias, estradas e portos são importantes e o Governo Federal precisa fazer a sua parte na relação com um estado que tem sido esquecido, como é o caso do Espírito Santo”. No ato público, o candidato a vice também tocou nesse assunto. “A ferrovia que liga o Espírito Santo ao Rio de Janeiro, estratégica para o desenvolvimento, não vai, no nosso governo, ficar nas gavetas da burocracia lá em Brasília. Os portos, tão importantes, símbolos do desenvolvimento e da produção do Espírito Santo, não serão esquecidos”, afirmou Beto Albuquerque.

Ouça a entrevista de Marina em Vitória: http://bit.ly/1u6JSO1

Comentários

Conteúdo relacionado:


'Chegou o momento de apostar na alternância de poder sob a ...

+ Leia Mais

Minha posição

+ Leia Mais

Ouça a entrevista concedida por Marina Silva após anunciar apoio ...

+ Leia Mais

Continue navegando: